FAQ

A gente acredita em todos os canais de comunicação

Reunimos abaixo algumas das respostas às perguntas mais frequentes (FAQ) que recebemos de nossos clientes ao longo dos anos.
 
Por que Ccaps Translation and Localization?
O que é internacionalização?
O que é engenharia de localização?
O que é DTP?
Esses acrônimos me enlouquecem! O que é TEP?
Qual a diferença entre revisão e edição?
Meu assistente fala inglês. Posso pedir para ele traduzir meu material de vendas?
Vocês costumam trabalhar com falantes nativos?
Como é seu processo de seleção de fornecedores?
E como vocês garantem a qualidade?
Quais setores vocês atendem?
Vocês trabalham nos finais de semana e feriados?
A tradução é cobrada com base na contagem de palavras do idioma de origem ou destino?
Quando então que vocês cobram por hora?
Mas por que vocês cobram pelo gerenciamento de projeto?
Vocês cobram tarifa mínima?
E tarifa de urgência?
Vocês mencionaram ativos linguísticos… O que significa isso?
Memória de tradução é um nome sofisticado para tradução automática?
Pera lá, o que vem a ser MT?
E MT PE?
Vocês usam o Google Translator online?
Como vocês garantem que as minhas informações confidenciais estarão seguras?
Voltando aos acrônimos… O que é um TMS?
Voice over, legendagem, dublagem e closed-caption… Tô completamente perdido! De qual deles preciso?
Qual é a diferença entre interpretação simultânea e consecutiva?
Como funciona a interpretação por telefone?
Vocês fazem traduções juramentadas?
 
 

Por que Ccaps Translation and Localization?

A tradução é apenas um dos vários elementos da localização, que é o processo de adaptação de um produto ou conteúdo a uma região ou mercado específico. Ocasionalmente chamado de L10N (sendo que 10 representa o número de letras entre o primeiro L e o último N, de “localization”), o processo de localização também consiste em:

  • Modificar o conteúdo para adequá-lo aos gostos e hábitos de consumo de outros mercados;
  • Adaptar elementos gráficos aos mercados-alvo;
  • Fazer a conversão para os requisitos locais (como moedas e unidades de medida);
  • Adaptar o design e layout para adequá-los ao texto traduzido;
  • Usar os formatos locais apropriados para datas, endereços e números de telefone;
  • Cumprir as regulamentações locais e exigências legais.

 

O que é internacionalização?

O objetivo principal da internacionalização (também conhecida como I18N, que segue a mesma lógica de L10N, mas se aplica à palavra “internationalization”) é garantir que o conteúdo original fique disponível em vários idiomas. A internacionalização refere-se principalmente ao modo como o código de software é escrito de modo a garantir que versões diferentes do idioma original sejam criadas corretamente, a um custo menor e com mais facilidade. Isso significa que a I18N ocorre no começo do desenvolvimento dos produtos, e não depois que o conteúdo já está pronto para traduzir. Entre os benefícios oferecidos pela I18N, encontram-se os seguintes: adaptação mais fácil de aplicativos (ou outro conteúdo) a várias regiões; tempo e custo de localização reduzidos; código-fonte único e internacionalizado para todas as versões do produto; manutenção mais simples; qualidade e arquitetura de código aprimorada; custo geral de propriedade reduzido das várias versões do produto; e adesão aos padrões internacionais.
 

O que é engenharia de localização?

A engenharia de localização cobre uma série de tarefas, mas tem um único objetivo: lançar aplicativos, sites, material multimídia e sistemas de ajuda online de alta qualidade nos mercados internacionais. A engenharia de localização é uma das etapas mais importantes do processo, já que é um dos primeiros pontos de contato do cliente com as mídias ou arquivos. O conteúdo para ser traduzido deve ser compartilhado com os fornecedores em um formato que lhes permita trabalhar usando ferramentas de tradução assistida por computador (CAT, Computer Assisted Translation), em um processo chamado “pré-processamento”. Em seguida, o conteúdo traduzido deve ser reconvertido para o formato original, em um processo chamado de “pós-processamento”.
 

O que é DTP?

Em nossa área, a editoração eletrônica (abreviada como DTP, que significa Desktop Publishing) é a reprodução, no documento de destino, do mesmo layout de página do documento de origem, seja para material online ou impresso. Clique aqui para saber mais sobre os tipos de tarefas, ferramentas e formatos de arquivo que oferecemos. Observe que sempre pediremos o documento de origem, principalmente porque trabalhar com arquivos em PDF pode custar até 30% a mais do que trabalhar com os arquivos originais que geraram o PDF. Como precisamos extrair o texto e permitir que o arquivo fique editável para a tradução, também levaremos mais tempo para concluir a tarefa. Por fim, dependendo da complexidade dos elementos gráficos e fontes presentes no arquivo, eles poderão não ficar exatamente como no original. Portanto, tente disponibilizar os arquivos originais, independentemente do formato ou da plataforma na qual eles foram criados.
 

Esses acrônimos me enlouquecem! O que é TEP?

TEP refere-se às três etapas mais comuns de um projeto de tradução: Translation (tradução), Editing (edição) e and Proofreading (revisão). Essas três etapas são a essência de qualquer projeto de tradução de alta qualidade.
 

Qual a diferença entre revisão e edição?

A revisão é um processo em que se buscam no texto erros gramaticais, ortográficos e de sintaxe. É praticamente o mesmo tipo de correção que uma professora do ensino médio faria em uma prova. O significado das palavras e a terminologia são irrelevantes nesse caso, já que a tarefa se concentra apenas na retidão do texto. A edição se concentra menos na forma e mais na terminologia. O editor deve verificar se a terminologia correta foi usada e pesquisar todo termo que causar alguma dúvida ou for desconhecido. Isso envolve pesquisa, online ou em dicionários especializados, e é acompanhado pelas correções recomendadas.
 

Meu assistente fala inglês. Posso pedir para ele traduzir meu material de vendas?

A principal diferença entre tradutores amadores e profissionais é a qualidade do texto. Embora o seu secretário possa traduzir bem um fax que você acabou de receber (principalmente se for algo urgente), ele provavelmente não tem as habilidades e a experiência de um linguista especializado e qualificado para transmitir a mensagem da melhor forma em outro idioma. Além disso, os recursos linguísticos desenvolvidos pela Ccaps, como glossários e guias de estilo (veja abaixo), são seguidos à risca por nossos tradutores para garantir a consistência entre as várias traduções.
 

Vocês costumam trabalhar com falantes nativos?

Todos os tradutores da Ccaps devem ser falantes nativos do idioma de destino e preferencialmente viver na região da variante linguística para a qual traduzem. Eles também devem ter pelo menos cinco anos de experiência comprovada em tradução e em sua área de especialização.
 

Como é seu processo de seleção de fornecedores?

Depois que o currículo é analisado pelo gerente de fornecedores da Ccaps, o candidato potencial passa por um teste. Entre os dez assuntos disponíveis, ele deve escolher três para traduzir e um para revisar. Um especialista linguístico analisa os testes e atribui uma pontuação ao candidato, com base em nosso sistema de garantia de qualidade linguística. Os candidatos que fracassam no teste são rejeitados imediatamente, mas recebem um feedback completo e podem tentar fazer o teste novamente seis meses depois. Os candidatos aprovados passam a fazer parte do nosso banco de dados por um período de experiência e, apenas após concluírem uma pequena tradução paga, são definitivamente aprovados.
 

E como vocês garantem a qualidade?

Por se tratar de um dos nossos valores corporativos, qualidade é prioridade na Ccaps. Nosso sistema de garantia de qualidade linguística (LQA, Language Quality Assurance) foi desenvolvido para detectar e prevenir problemas que possam afetar negativamente o seu projeto. A utilização de guias de estilo e glossários padronizados ou personalizados em todos os projetos garante mais ainda a qualidade da tradução. Além disso, todos os recursos, sejam eles indivíduos ou empresas, são avaliados e monitorados constantemente com o sistema de LQA da Ccaps, que fornece relatórios de avaliação e feedback detalhado sobre projetos individuais e avaliações bianuais mais complexas. Essas avaliações levam em consideração não apenas a capacidade do tradutor como um especialista linguístico qualificado, mas também sua disponibilidade e capacidade de resposta, custo-benefício, comunicação e habilidade para trabalhar em equipe. Por fim, as nossas tarifas incluem uma etapa gratuita de correções, e, em nosso contrato de serviços, estabelecemos os termos da nossa prestação de serviços, incluindo penalidades e medidas corretivas. Pergunte ao seu gerente de projetos sobre o sistema de LQA da Ccaps que forneceremos mais detalhes.
 

Quais setores vocês atendem?

A Ccaps oferece localização de software, tradução técnica e de marketing, editoração eletrônica, localização de multimídia, entre outros, a clientes de uma grande variedade de setores: TI (software e hardware), telecomunicações, marketing, ERP (Enterprise Resource Planning), negócios e finanças, jogos, petróleo e gás, jurídico e muito mais. Consulte o nosso kit de mídia para obter mais informações sobre os verticais nos quais somos especializados.
 

Vocês trabalham nos fins de semana e feriados?

Normalmente, não. Solicitações extraordinárias serão avaliadas caso a caso pelo nosso gerente de projetos e dependerão, em última instância, da urgência do projeto e da disponibilidade da equipe e dos recursos. Consulte o nosso calendário (em inglês) para saber mais sobre os feriados locais e entre em contato com o seu PM ou representante de vendas se precisar de mais informações.
 

A tradução é cobrada com base na contagem de palavras do idioma de origem ou destino?

Sempre no texto de origem. Ao cobrarmos por palavra de origem, podemos fazer uma cotação precisa desde o princípio, e você saberá exatamente o quanto terá de pagar antes mesmo de começarmos a trabalhar. Além disso, como o inglês é um idioma “compacto”, traduções para o português e espanhol podem aumentar o tamanho do texto em até 20%, e você não vai querer ter esse custo extra, não é?
 

Quando então que vocês cobram por hora?

Na Ccaps, os custos de tradução sempre se baseiam nas palavras de origem (veja acima). Outros serviços, como engenharia, são cobrados por hora, pois são mais previsíveis e podemos fazer uma estimativa precisa com antecedência. Os serviços de engenharia são sempre realizados dentro da empresa, seguindo métricas de produtividade que estabelecemos ao longo dos anos. Por outro lado, como terceirizamos a maior parte do trabalho de tradução e cada tradutor produz em um ritmo diferente, o pagamento por palavra os encoraja a manter suas habilidades e tecnologia em dia, já que tradutores eficientes acabam ganhando mais pelo tempo trabalhado.
 

Mas por que vocês cobram pelo gerenciamento de projeto?

Projetos precisam ser gerenciados, e esse custo será sempre incluído no preço, quer você tenha contratado uma empresa ou um tradutor autônomo. Para manter o nosso compromisso com a transparência, preferimos mostrar aos clientes exatamente o que estão pagando, em vez de incorporar os custos de gerenciamento de projeto em outro serviço.
 

Vocês cobram tarifa mínima?

A tarifa mínima é um valor fixo para projetos muito pequenos que cobre o trabalho operacional envolvido. Porque sabemos que cada cliente tem necessidades diferentes, tentamos evitar a cobrança de tarifas mínimas, adaptando nossos processos da melhor forma possível para atender a essas demandas. Não deixe de conversar com seu gerente de contas sobre algumas maneiras de tornar o processo mais flexível.
 

E tarifa de urgência?

Do mesmo modo que a tarifa mínima, tentamos evitar a cobrança de tarifas de urgência (ou expressas) de nossos clientes. Em vez disso, preferimos negociar os prazos, pois sabemos que um tempo curto de produção pode prejudicar a qualidade do projeto. No entanto, compreendemos que para alguns projetos não é possível aguardar que se cumpra a produtividade média de 2.000 palavras por dia (será que acabamos de responder outra pergunta sua?) Nesses casos, alocaremos mais recursos para o projeto a fim de aumentar a produtividade.
 

Vocês mencionaram ativos linguísticos… O que significa isso?

Ativos linguísticos são ferramentas, documentos e recursos desenvolvidos pela Ccaps para garantir a consistência do texto. Sejam eles glossários, memórias de tradução ou guias de estilo personalizados, os ativos linguísticos sempre pertencerão ao cliente para quem foram desenvolvidos. Você pode escolher ter apenas um glossário para toda a empresa ou glossários diferentes para cada departamento ou produto localizado. Do mesmo modo, o guia de estilo linguístico é essencial para garantir que suas escolhas sejam seguidas em todo o material localizado. A Ccaps fornece um guia de estilo padronizado e gratuito para os idiomas de tradução. Ele contém as nossas preferências linguísticas para uma série de diretrizes baseadas nos padrões do setor. O guia de estilo da Ccaps orienta os nossos tradutores sobre como lidar com acrônimos, medidas, moedas, uso de letras maiúsculas e minúsculas em títulos, listas de traduções indesejadas etc., mas ele também pode ser personalizado de acordo com as suas preferências. Por fim, a memória de tradução, que também é um ativo linguístico. Entretanto, ela merece um tópico inteiro para si. Veja abaixo.
 

Memória de tradução é um nome sofisticado para tradução automática?

Não. Embora a tradução automática (MT, Machine Translation) seja feita exclusivamente por um mecanismo automatizado, a memória de tradução (TM, Translation Memory) é um banco de dados criado com a ajuda de uma ferramenta CAT que armazena os segmentos originais e aqueles traduzidos por humanos. Esses segmentos podem ser orações, parágrafos ou unidades de texto que foram traduzidas previamente e terão três funções principais: aumentar a produtividade do tradutor, reduzir os custos a longo prazo e manter a consistência das traduções. A TM verifica um novo documento a ser traduzido e faz a correspondência com os segmentos armazenados, atribuindo uma porcentagem a cada unidade. Se um segmento no documento for idêntico ao que está na TM, sua correspondência será de 100%, que é semelhante a uma repetição. Um segmento sem correspondência (No match) tem uma porcentagem abaixo de 75%, e qualquer correspondência entre 75% e 100% é chamada de Fuzzy match (ou seja, uma correspondência parcial). A cada nível de correspondência aplica-se então um desconto, equivalente ao esforço de tradução, sobre o preço cheio da palavra. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossa matriz de descontos e como podemos ajudar você a utilizar essa tecnologia em seus projetos.
 

Pera lá, o que vem a ser MT?

MT (Machine Translation) é a tradução de um texto feita inteiramente por um computador. Basicamente, a MT substitui palavras em um idioma por palavras em outro idioma, mas esse procedimento apenas não resulta em uma boa tradução do texto, já que é necessário o reconhecimento de frases inteiras e de seus correspondentes mais próximos no idioma de destino.
 

E MT PE?

Já que a tradução automática (MT, Machine Translation) ainda não produziu traduções comerciais com um nível de qualidade satisfatório, uma solução comum é combiná-la com a pós-edição (PE, Post-Editing). Essa combinação garante uma tradução de qualidade quase humana e, ao mesmo tempo, gera economias significativas para o projeto de tradução, principalmente quando se trata de grandes volumes.
 

Vocês usam o Google Translator online?

Não só não usamos como não permitimos o uso por nossos tradutores, conforme estabelecido em nosso contrato de fornecedores. Quando você processa conteúdo com o Google Tradutor disponível gratuitamente online, ou usa o Google Translation Toolkit, está disponibilizando seu conteúdo para a empresa. Seguem dois trechos dos Termos de Serviço que definem claramente quem é o dono do conteúdo processado pelos seus serviços: “Ao enviar, publicar ou exibir conteúdo, o usuário concede ao Google uma licença irrevogável, perpétua, mundial, isenta de royalties e não exclusiva de reproduzir, adaptar, modificar, traduzir, publicar, distribuir publicamente, exibir publicamente e distribuir qualquer Conteúdo que o usuário enviar, publicar ou exibir nos Serviços ou através deles. (…) O usuário concorda que essa licença inclui o direito do Google de disponibilizar esse Conteúdo a outras empresas, organizações ou indivíduos com quem o Google tenha relações para o fornecimento de serviços licenciados e para o uso desse Conteúdo relacionado ao fornecimento desses serviços”. Se você está pensando em usar tradução automática, entre em contato conosco para saber mais sobre as práticas recomendadas e como você pode realizar um projeto de MT de boa qualidade e manter a propriedade do conteúdo traduzido.
 

Como vocês garantem que as minhas informações confidenciais estarão seguras?

A Ccaps se compromete em proteger a sua privacidade e propriedade intelectual. Os dados fornecidos, incluindo informações de contato, financeiras ou empresariais, só serão compartilhados com terceiros após terem assinado um acordo de confidencialidade (NDA, Non-Disclosure Agreement) válido conosco. O trabalho que terceirizamos é cuidadosamente gerenciado por meio de FTPs seguros e feito por profissionais experientes. Para obter mais informações, leia a nossa Declaração de privacidade.
 

Voltando aos acrônimos… O que é um TMS?

O sistema de gerenciamento de tradução (TMS, Translation Management System) gerencia o fluxo de conteúdo regional ou global no decorrer do processo de localização por meio da automação do fluxo de trabalho. Os benefícios do uso de sistemas TMS são semelhantes aos de um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS, Content Management System) com a vantagem de atender requisitos multilíngues: a automação do fluxo de trabalho de localização reduz o esforço de gerenciamento, os custos de overhead e os prazos de lançamento, maximizando o talento e a capacidade de todas as partes envolvidas. Os recursos de colaboração em equipe e a geração de relatórios detalhados permite uma colaboração sem atrito entre a matriz e os escritórios regionais.
 

Voice over, legendagem, dublagem e closed-caption… Tô completamente perdido! De qual deles preciso?

Quando usa legendas em um filme, vídeo ou programa, você apresenta aos telespectadores uma transcrição do diálogo, geralmente na parte inferior da tela. A legendagem pode exibir o script traduzido ou a versão original do texto, já que pessoas com deficiência auditiva só podem entender a parte de áudio do vídeo quando são incluídas as legendas. Quando as legendas são chapadas no vídeo, são chamadas de “open caption”; quando podem ser ativadas ou desativadas por quem está assistindo, são chamadas de “closed caption”. Já a dublagem é o processo no qual o script traduzido é mesclado à faixa de som original; a trilha e efeitos sonoros são mantidos, enquanto fala dos atores é substituída pela vos dos dubladores. A narração (ou voice over) é quando as vozes dos locutores são gravadas por cima do som original, mas a voz original dos atores continua sendo ouvida ao fundo. Cada método tem suas vantagens e desvantagens. A legendagem permite que os telespectadores leiam a tradução e, ao mesmo tempo, ouçam a voz original do ator, mas pode atrapalhar se houver texto na tela (OST, Onscreen Text). Embora a dublagem permita que o público se concentre na ação, é um processo caro, demorado e complicado. A sua escolha dependerá do país para o qual será feita a localização (o público de algumas regiões prefere assistir aos vídeos dublados, em vez dos originais com legendas), do gênero e propósito do vídeo (entretenimento ou institucional, por exemplo) e do seu orçamento, já que os custos de dublagem podem ser até 15 vezes mais altos do que os de legendagem.
 

Qual é a diferença entre interpretação consecutiva, simultânea e sussurrada?

Na interpretação consecutiva, o falante do idioma de origem e o intérprete se alternam para falar. O intérprete ouve o falante do idioma de origem e traduz em seguida, quando o falante faz uma pausa. A interpretação simultânea é indicada quando há a necessidade de traduzir o conteúdo falado para vários idiomas diferentes. Nesse caso, os intérpretes permanecem em uma cabine profissional, com isolamento acústico, ouvindo o idioma de origem e interpretando simultaneamente para o idioma de destino, que é então transmitido por receptores de áudio individuais para o público estrangeiro. Interpretação sussurrada (ou chuchotage) é quando o equipamento de interpretação simultânea não está disponível; um participante fala e, simultaneamente, um intérprete sussurra na orelha de uma ou, no máximo, duas pessoas que necessitem dos serviços de interpretação.
 

Como funciona a interpretação por telefone?

Em uma sessão de interpretação por telefone (OPI, Over-The-Phone Interpreting), os nossos operadores atendem à chamada e pedem o código de cliente pré-designado. Você indicará os idiomas de que precisa e o representante irá conectá-lo a um intérprete que trabalhe com o idioma solicitado. Disponibilizamos o serviço de chamadas agendadas, que pode ser útil para aqueles que gostariam de compartilhar documentos com um intérprete, solicitar habilidades específicas ou que necessitem de um intérprete para um idioma de difusão limitada (línguas raras). As chamadas agendadas garantem que o intérprete estará pronto e aguardando na hora marcada. Essa variante de serviço de interpretação é recomendada quando as pessoas não estão no mesmo recinto e precisam de um intérprete ou quando a duração dessa conversa será curta, já que cobramos apenas pela duração da chamada.
 

Vocês fazem traduções juramentadas?

No Brasil, quando se precisa de um documento para fins oficiais (processo de imigração, matrícula em universidade etc.), é necessário fornecer uma tradução juramentada para a autoridade ou instituição apropriada, que é diferente de uma tradução certificada, válida em muitos outros países. Somente um tradutor público e intérprete comercial (mais conhecido como “tradutor juramentado”) certificado pela Junta Comercial local pode fornecer esse tipo de tradução, que será apresentada em cópias físicas e com uma declaração impressa no fim do texto com a assinatura e selo de ofício. O documento original (em cópia digital ou física) deve acompanhar cada tradução com as iniciais e o carimbo do tradutor. Apesar da adesão do Brasil ao chamado “sistema de apostila” as traduções juramentadas de documentos públicos ainda são necessárias. Embora a Ccaps não esteja habilitada a fornecer traduções juramentadas, podemos gerenciar seu projeto fazendo a interface entre você e os tradutores juramentados com quem trabalhamos. Os preços dos serviços são regulamentados pela Junta Comercial, ao qual adicionaremos uma taxa de coordenação.
 
Estas perguntas frequentes serão atualizadas conforme a necessidade, mas, se você tiver alguma dúvida ou quiser fazer um comentário, é só nos enviar um e-mail!